Início
Origem da Literatura de Cordel

A Origem nas Feiras Medievais
Nossa viagem em busca das origens do cordel começa na Europa, na Idade Média, num tempo em que não existia televisão, cinema e teatro para divertir o povo. A imprensa ainda não tinha sido inventada e pouquíssima gente sabia ler e escrever. Os livros eram raríssimos e caros, pois tinham de ser copiados a mão, um a um. Então, como as pessoas faziam para conhecer novas histórias?

Pois bem, mesmo nos pequenos vilarejos existia um dia da semana que era especial: o dia da feira. Nessas ocasiões, um grande número de pessoas se dirigia à cidade, e ali os camponeses vendiam seus produtos, os comerciantes ofereciam suas mercadorias e artistas se apresentavam para a multidão.

Leia mais...
 
São José do Egito - Terra da Poesia

Conhecida por berço poetas e cantadores, município re- vela também nova geração de artistas e ganha espaço para preservar a tradição.

Durante muito tempo, São José do Egito, no Alto Sertão do Pajeú, a 412 quilômetros do Recife, padeceu com a falta de um espaço que congregasse a memória poética do município. Referência até mesmo internacional na cantoria de viola e na poesia, a cidade começa a se preparar para abrigar o Memorial da Poesia Popular. Poetas e repentistas terão suas histórias contadas e arquivadas. Iniciativa parecida até que foi testada, lá pelos idos dos anos 90, mas não vingou. Agora, tudo o que foi produzido ao longo de décadas, como livros, cordéis, gravações de cantorias, fotos, objetos pessoais serão expostos e alguns produtos comercializados no novo espaço.

Leia mais...
 
LOURO DO PAJEÚ (Lourival Batista Patriota)

Lourival Batista Patriota, o Louro do Pajeú, era repentis- ta, consi- derado o "rei do trocadi- lho". Nasceu a 06 de janeiro de 1915 na Vila Umburanas, hoje Município de Itapetim (na época pertencia a São Jose do Egito). Concluiu o curso ginasial em 1933, no Recife, de onde saiu com a viola nas costas, para fazer cantorias.

Foi um dos mais afamados poetas populares do Nordeste. Irmão de outros dois repentistas famosos (Dimas e Otacílio Batista) e genro do poeta Antônio Marinho (a "Águia do sertão"), foi um dos grandes parceiros do paraibano Pinto do Monteiro. Satírico e rápido no improviso, era temido por seus competidores.

Leia mais...
 
Regina Brett - Pensamentos

ESCRITO POR REGINA BRETT, AO COMPLETAR 50 ANOS...

"Para celebrar o envelhecer, uma vez eu escrevi 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais requisitada que eu já escrevi. Meu taxímetro chegou aos 50 em Agosto, então aqui está a coluna mais uma vez:"


01) A vida não é justa, mas ainda é boa.
02) Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.
03) A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.
04) Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer. Seus amigos e seus pais vão. Mantenha contato.
05) Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.
06) Você não tem que vencer todo argumento. Concorde para descordar.
07) Chore com alguém. É mais curador do que chorar sozinho.
08) Está tudo bem em ficar bravo com Deus. Ele agüenta.

Leia mais...
 
Coletânea de Pensamentos

"Uma coletânea de pensamentos deve ser uma farmácia onde se encontrem remédios para todos os males" (Voltaire)

"Para ganhar conhecimento, adicione coisas todos os dias. Para ganhar sabedoria, elimine coisas todos os dias" (Lao-Tsé)

"A vida é como um eco... Se voçê não gosta do que está recebendo... Preste mais atenção ao que está emitindo" (Anônimo)

"A única coisa segura sobre a sorte é que ela mudará" ( Bret Harte )

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis" (Fernando Pessoa)

Leia mais...
 
Poema de Camões na visão de um vestibulando !!!!

O Vestibular da Universidade de São Paulo cobrou dos candidatos a interpretação do seguinte trecho de um poema de Camões:

"Amor é fogo que arde sem se ver,
é Ferida que dói e não se sente,
é Um contentamento descontente,
Dor que desatina sem doer ".

Uma vestibulanda de 19 anos deu a sua interpretação em forma de poesia:

Leia mais...
 
Opinião de um homem sobre o corpo feminino

Não importa quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber o seu peso não nos proporciona nenhuma emoção.

Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação é visual, isso quer dizer: se tem forma de guitarra... Está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros - é uma questão de proporções, não de medidas.

Leia mais...
 
Gabriel Garcia Marquez

Gabriel Garcia Marquez retirou-se da vida pública por razões de saúde: cancro linfático. Agora, parece que está cada vez mais grave.
Ele enviou uma carta de despedida aos seus amigos, que graças à internet está sendo difundida pelo mundo.
Recomendamos a sua leitura, porque é verdadeiramente comovedor este curto texto escrito por um dos latinoamericanos mais brilhantes  de todos os tempos.

“Se por um instante Deus se esquece de que sou uma marioneta de trapos e me presenteasse com mais um pedaço de vida, eu aproveitaria esse tempo o mais que pudesse.

Possivelmente não diria tudo o que penso, mas definitivamente pensaria tudo o que digo.

Leia mais...
 

Veja Também:

Em 'Municípios' veja um pouco mais sobre cada cidade que compõe a Microrregião do Pajeú.

Parceiros - Sites e Blogs

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Portal do Pajeú - ©2008 / 2012 - Desenvolvido por: Space Phantom Informática

Rota do Dinheiro!